OUÇA: Diferente de RJ, Minas e RS, MS não vai parcelar salários e 13º

Campo Grande(MS)- O líder do governo na Assembleia Legislativa, Rinaldo Modesto destacou, que desde  1929 o Brasil não passava por uma crise financeira tão severa,  segundo  economistas. E a situação do Mato Grosso do Sul é diferente. Rinaldo respondeu ao questionamento do deputado Cabo Almi do Partido dos Trabalhadores,  que criticou reajuste de 2,94% concedido aos servidores pelo governo do Estado.

O deputado disse que é servidor público a mais de 30 anos na Universidade Federal, e sabe que o trabalhador deveria receber mais.  Sobre o pagamento do decimo terceiro, o Mato Grosso do Sul não deve parcelar o pagamento a exemplo de outros Estados.

João Flores Junior

Foto Victor Chileno/ Assessoria de Imprensa da Assembleia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here