OUÇA: Com respaldo do Governo produção quilombola estará à venda nos supermercados

Campo Grande (MS)- A farinha de mandioca, a rapadura e outras mercadorias produzidas pela comunidade quilombola Furnas do Dionísio, em Jaraguari, estarão, em breve, nas prateleiras dos supermercados de Mato Grosso do Sul.

Isso graças a ação do Governo do Estado para profissionalizar a mão de obra da comunidade e agregar valor à produção. É o “Projeto de Geração de Renda da Comunidade Quilombola de Furnas do Dionísio” desenvolvido em parceria com a Energisa e à Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

O governador Reinaldo Azambuja, que esteve na inauguração das novas instalações da unidade de produção, disse que esse é o resultado da união de esforços.

SONORA

A expectativa é que a agricultura familiar de Furnas do Dionínio triplique a produção de farinha de mandioca e de rapadura, fazendo com que os produtos cheguem às prateleiras dos supermercados com qualidade, procedência e identificação.

SONORA

Na prática, o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), capacitou os produtores; a Energisa investiu R$ 1 milhão na construção de galpões e troca de aparelhos elétricos; e a UCDB criou um plano de administração e identidade visual dos produtos para comercialização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here