OUÇA: Cerâmica estaria pagando salário de servidores com tijolo em Rio Verde.

Campo Grande(MS) – A  denuncia é de Jose Abelha, presidente do sindicato dos Trabalhadores da Construção civil e do Imobiliário de Campo Grande. Segundo ele, a reclamação partiu do sindicato  dos servidores da cidade de Rio Verde.  São 130 trabalhadores na indústria de Cerâmica sendo cem homens e 30 mulheres . De acordo com o sindicalista a empresa estaria oferecendo tijolo como forma de pagamento aos  seus empregados.

De acordo com José Abelha a denuncia já está no Ministério Público do Trabalho. E as condições por causa da temperatura de forno piora a situação dentro da indústria.

As condições degradantes de Trabalho na Fênix não são novas, em outubro de 2016 o sindicato dos Trabalhadores chegou a interditar a BR   163 para chamar atenção das autoridades.

O Outro lado; Alessandro Scriqur reconhece que A Cerâmica passa  por dificuldade e acusa do sindicato de não ter legitimidade de denunciar atividade relacionada a indústria de cerâmica. E atribui a situação, a condição econômica vivida por grande parte das empresas.

Da redação

Foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here