OUÇA: Compromissos assumidos para Rota Bioceânica avançam dos lados Brasileiro e Paraguaio

Campo Grande (MS)- Um trecho não pavimentado na região do Chaco, o Pantanal Paraguaio, é um dos principais desafios no caminho de viabilização da Rota de Integração Latino-Americana (Rila), que pretende ligar por acesso terrestre o Centro-Sul brasileiro aos portos chilenos.E segundo o Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Jaime Verruck, a boa notícia é que a RILA está mais perto de se tornar uma realidade viável.

SONORA

Verruck explicou que pelo lado brasileiro, a construção da ponte entre Carmelo Peralta e Porto Murtinho já tem garantidos R$ 84 milhões, fruto de emendas parlamentares.

SONORA

O Secretário destacou que os avanços não param por aí.

SONORA

Os compromissos para a efetiva implantação da rota da integração foram assumidos durante a Expedição Rota da Integração Latino Americana, realizada em agosto deste ano, da qual participaram empresários sul-mato-grossenses e representantes do Setlog/MS (Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas e Logística de MS).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here