OUÇA: Vereadores de CG aprovam orçamento com mais de cem emendas

Campo Grande (MS)- Em uma única manhã, a Câmara Municipal realizou duas sessões – uma delas, extraordinária – para votar a LOA (Lei Orçamentária Anual) da Prefeitura de Campo Grande, com receita estimada em R$ 3 bilhões e 700 milhões de reais. O projeto foi aprovado sem discussão, por unanimidade e com 101 emendas.

Para o relator do projeto, o vereador Eduardo Romero, do partido Rede,  o Executivo municipal propôs um orçamento “pé no chão”, por isso o baixo número de emendas incorporadas – nos dois últimos anos, a Câmara chegou a remendar o projeto 700 vezes.

Os Vereadores fizeram emendas para direcionar recursos para a construção de um Ceinf (Centro de Educação Infantil) na Vila Fernanda, UBSF (Universidade Básica de Saúde da Família) do Bom Retiro e asfalto no Dom Antônio, por exemplo.

Mas a principal mudança no projeto foi a aprovação do limite para suplementação de 5% dos recursos. A prefeitura pleiteava liberdade para remanejar recursos de um fundo para outro de 15%, mas conforme Romero, o percentual é alto e permitiria que o município fizesse as movimentações de até R$ 45 milhões por mês sem precisar de autorização do Legislativo.

SONORA

As 101 emendas apresentadas pelos parlamentares representam 1,9% do total do orçamento custando R$ 70.654.000,00. O restante das emendas será anexada ao projeto como indicação. Ou seja, se o município tiver sobra de dinheiro e quiser implementá-las já terá a previsão.

 

Foto: Izaías Medeiros /Câmara Municipal de CG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here