PM prende mais cinco PMS envolvidos com a Máfia co Cigarro em C.Grande.

Campo Grande(MS) – Investigação da  Polícia Militar prendeu mais cinco militares, que seriam da Força Tática, suspeitos de envolvimento na ‘Máfia do Cigarro’. Os militares, presos na cidade Morena tiveram os mandados de prisão expedidos em desdobramento das investigações referentes às detenções de outros dois militares, entre eles um sargento, por cobrança de propina. Os cinco mandados de prisão, conforme a assessoria da Polícia Militar, foram cumpridos pela Corregedoria da Corporação na manhã de hoje  (7/12), em Campo Grande. As investigações iniciaram no último dia 1º de dezembro após prisão de dois policiais.Os militares presos, preventivamente, foram levados para o Presídio Militar Estadual.

Cobrança de propina

Denuncia feita á  policia levou a prisão de dois policiais militares na madrugada do dia 2 de dezembro, em Campo Grande, pela suspeita da cobrança de R$ 150 mil para a liberação de um caminhão com carga de cigarros contrabandeados. Os policiais são acusados de cobrar pela liberação de um caminhão carregado com cigarros contrabandeados,  do Paraguai. Eles foram detidos em uma ação da polícia com equipes do Batalhão de Choque.

O caminhão que estava com a carga de cigarros foi levado para o pátio da Superintendência da Polícia Federal. Os policiais ainda devem prestar depoimento na Corregedoria da Polícia Militar. Um dos envolvidos um sargento, sob suspeita de cobrar R$ 150 mil de propina, já respondeu por abuso de autoridade e tortura em um processo instaurado pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) em 2016. De acordo com os autos, dois militares são suspeitos de agredir um homem a mando do antigo casal de patrões da vítima. De acordo com a investigação, o rapaz teria tido a casa invadida no dia 31 de dezembro de 2015, e sido agredido pelos militares. Com Informações da Assessoria de Imprensa da POLÍCIA Militar

Da redação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here