OUÇA: Estado preocupado com estradas por causa safra e transporte escolar.

Campo Grande(MS) – Antes de deixar o governo, Reinaldo Azambuja se reuniu   com integrantes da coordenadoria Estadual da Defesa Civil, secretários e com a vice governador Rose Modesto, que deve visitar as cidades em situação de emergência já na próxima quinta feira. A  força das águas destruiu tubulação que canalizava o Córrego Filomena e interditou a Estrada do Erechim, em Itaquiraí,  na  região sul do Estado . Com a movimentação de R$ 3 milhões  e  400 mil o  Governo do Estado pavimentou 38 quilômetros da estrada que dá acesso ao abatedouro de aves Frango Belo a partir do quilômetro 74 da BR-163, para facilitar o acesso dos trabalhadores ao local e impedir que no período da chuva fosse inviável escoar a produção. Além de ajudar  no desenvolvimento da região, os investimentos  minimizam o efeito dos desastres naturais, como vem ocorrendo nas últimas semanas.

A vice governadora Rose Modesto, espera por levantamentos técnicos para começar a visitar as cidades castigadas pelas chuvas .

Sem saber da realidade das cidades, o estado ainda não sabe quanto vai movimentar em dinheiro para atender as cidades.

As vistorias que tiveram início na terça feira  prevê levantamento dos danos causados pelas chuvas na região sul do Estado,  para  homologar a situação de emergência e preparar eventual apoio por parte do Estado. Duas equipes de técnicos  estão em  Coronel Sapucaia, Tacuru, Eldorado, Novo Horizonte do Sul, Itaquiraí, Sete Quedas, Japorã e Iguatemi. Com colaboração da Subscom

Da redação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here