OUÇA: UFMS instala banca examinadora para candidatos selecionados dentro das cotas

Campo Grande (MS)- Até esta quarta-feira, 1.400 candidatos devem passar pela Banca de Avaliação da Veracidade da Autodeclaração em Mato Grosso do Sul. Antes, a pessoa que se inscreveu pela cota racial apenas apresentava a autodeclaração de ser negra ou parda e efetuava a matrícula se atingisse a nota de corte.

A banca é composta por três pessoas, com representantes de movimentos negros e funcionários que passaram por formação no mês de novembro. O candidato é fotografado e o enquadramento na cota é determinado pelo fenótipo. A pró- reitora para  para assuntos estudantis da instituição,  Ana Rita Barbieri, comenta.

 SONORA

Esse tipo de análise foi testada em Três Lagoas no ano passado e agora as bancas serão feitas em todos os campi da Federal. Ela vale para cada chamada para as matrículas e o protocolo de avaliação é simples.

 SONORA

A lista com os deferidos e indeferidos deve ser publicada no dia primeiro de fevereiro. Os candidatos deferidos poderão realizar matrícula. Quem receber uma negativa tem o prazo de 2 a 5 de fevereiro para apresentar recurso.

A banca de análise é válida pelo ingresso pelo Sisu. No dia 5 de fevereiro ocorre a análise para aprovados no vestibular da UFMS pela reserva de vagas.

 

Foto: Marcos Ermínio/ Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here