JBS perde 4 bois e suspende abate em Anastácio por causa de enchentes.

Campo Grande(MS) – Abates de cabeças de gado no frigorífico da JBS em Aquidauana foram paralisados devido a inundação na unidade. Por conta das chuvas que atingem a cidade desde segunda-feira (219), o Rio Aquidauna transbordou e causou a inundação. A assessoria de imprensa do JBS informou  que são  Seiscentas cabeça de  gado . Deste volume três morreram afogados e os outros foram salvas.  Parte  dos animais foi removido para uma fazenda vizinha. A empresa informa que manterá a unidade fechada, aguardando melhora nas condições do clima. O frigorífico de Anastácio tem 600 funcionários e capacidade para abate de até mil cabeças de gado por dia.

Além da cheia do Aquidauana, que está na região do Pantanal. A área se prepara para receber grande volume de água por causa da chuva na cabeceira dos rios no Estado de Mato Grosso, que  vai provocar enchente no Pantanal em Corumbá e Ladário.

O coordenador Estadual da Defesa Civil coronel Isaias  Bitencurtt, juntamente com a sala de monitoramento do Instituto de Meio  Ambiente de Mato Grosso do Sul Imasul , acompanha a movimentação da subida no nível do Rio Paraguai no Pantanal

A cheia no Paraguai poderá acompanhada e  antecipada por qualquer cidadão através de um serviço  gratuito que pode ser usado pelo aplicativo baixado em celular. O programa  já está disponível desde  15 de Janeiro deste ano  pode ajudar a comunidade da região do Pantanal e ainda todo o Estado. Isaisas Bittencurt , complementa.

Ouça o coronel Isaias  Bittencurt, coordenador Estadual da Defesa Civil. De acordo com ele a chuva prejudicou 79 mil pessoas em todo o Estado e desalojou famílias em Aquidauana, Bela Vista e na cidade de Bonito.

João Flores Junior

Foto O Pantaneiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here