OUÇA: Sindicato Rural de Corumbá alerta: Cheia anormal no Pantanal Sul obriga a retirada urgente do gado

Campo Grande (MS)-  Esta semana o Sindicato Rural de Corumbá emitiu alerta aos produtores rurais da planície pantaneira para que iniciem imediatamente a retirada do gado das áreas alagáveis para campos mais altos, em função da previsão de uma grande enchente este ano no Pantanal, baseada nos níveis atuais do Rio Paraguai e a continuidade das fortes chuvas na região. O presidente da entidade ruralista, Luciano Aguilar Leite ressaltou que a preocupação agora é com os animais que estão nas três regiões do baixo Pantanal.

Sonora

Luciano explicou que muitos animais já foram retirados, porém o Pantanal está cheio e vai continuar enchendo porque as águas de Cáceres (alto Pantanal, em Mato Grosso) ainda não chegaram.

Sonora

Os pantanais do Paiaguás e Nhecolândia, mais ao Norte, estão debaixo de água, segundo os pantaneiros. Produtores da região já relatam que a área está sendo muito afetada pelos repiques do rio Taquari, e a chuva de 120 milímetros na semana passada, em Coxim, deve ampliar a área de inundação, com reflexos também no nível do rio Paraguai.

E a enchente nas áreas ao Sul (Nabileque e Jacadigo) neste período do ano, também é um indicativo de que a cheia será de maior intensidade com a chegada das águas de Cáceres, entre abril e junho.

Na parte da subregião da Nhecolândia sob influência dos rios Aquidauana, Miranda e Abobral, na Estrada Parque (MS-184), em Corumbá, os campos estão submersos, com forte vazão em direção ao rio Paraguai.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here