TV Paraguaia aponta suspeito de ter matado policial em P Porã.

Campo Grande(MS) – Foragido e procurado da justiça brasileira, um jornal apresentado  pela televisão paraguaia noticiou na quarta feira  que o traficante Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o ‘Minotauro’, é suspeito de envolvimento na morte do policial civil, Wescley Vasconcelos, no último dia 6, em Ponta Porã. Conforme a publicação, ele também estaria envolvido na execução do narcotraficante, Jorge Rafaat, em junho de 2016 na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. A polícia brasileira procura por Sérgio desde 2012, segundo a TV. Ele é acusado de praticar crimes em solo brasileiro como tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e participação com o Primeiro Comando da Capital (PCC), em Pedro Juan Caballero. Investigações da polícia paraguaia e brasileira descobriram que a identidade usada pelo procurado era Celso Matos Espíndola; segundo a reportagem da televisão, o documento foi emitido em 2017. E teria sido o motivo que levou a morte do policial civil. O assassinato teria ocorrido depois do traficante descobrir que ‘Minotauro’ se esconde no Paraguai e usa outro nome. Em relação à morte de Jorge Rafaat, o que pode ter motivado o crime é a disputa pelo domínio do tráfico de drogas na fronteira seca entre Ponta Porã, Pedro Juan Caballero e Capitán Bado.//

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here