Corumbaense vence e agora Operário terá que vencer para conquistar o Estadual.

Campo Grande(MS) – Jogando dento do estádio Artur Marinho, a equipe do Corumbaense venceu a primeira partida da grande final do Campeonato Estadual Sul-Mato-Grossense Loterias Caixa pelo placar de 1 a 0. Com isso, agora só resta ao Operário uma vitória, no próximo domingo, no Morenão para levantar o caneco que não consegue há 21 anos. O único gol da partida foi do meia-campista Mutuca, aos 16 minutos do primeiro tempo. A decisão deve levar mais de 9 mil torcedores ao Pedro Pedrossian.

Emburrado por quase 4,5 mil torcedores, o time de Gianni Freitas não teve outra alternativa a não ser controlar o jogo e buscar a vitória desde o início. O meia Eduardo Arroz foi novamente outro desfalque do time Carijó, pois com uma contusão na coxa pode também estar fora da segunda partida da final. O substituto Igor Pimentel não deixou por menos e comandou o time e dominou as ações. Depois de duas boas oportunidades, o gol saiu dos pés do meia Mutuca. Ele avançou sem marcação, tirou o zagueiro Rodrigo da jogada e acertou um belo chute vencendo o goleiro Pereira.

Sem Eduardo Arroz, machucado, o Corumbaense entrou na decisão embalado pelos quase 4,5 mil torcedores no Arthur Marinho. Pressionado e criando, o time do técnico Gianni Freitas teve a primeira grande chance logo aos 4 minutos, mas o chute de Mutuca passou perto do gol de Pereira. Aos 13, Jorginho entrou na área e chutou forte para grande defesa de Pereira.

O gol diminuiu o ímpeto do time da casa, que preferiu continuar com o domínio da bola e o controle do jogo. A melhor oportunidade no primeiro tempo somente aconteceu aos 42, com Guilherme que dentro da área conseguiu tirar André Paulino da jogada e bateu firme, mas o goleiro Pereira fez bela defesa. Neste primeiro tempo, o Galo da Bandeirantes teve apenas duas chances. Uma com Ygor Vilela e outra com Rodrigo Grahl.

No segundo tempo, o Operário teve mais controle da partida e foi em busca do que seria o empate. As entradas de Juninho Carioca e de Juninho deram mais movimentação da partida. Carioca inclusive teve duas boas chances logo no início deste segundo tempo, desperdiçadas pelos companheiros. O jogo poderia ter encerrado pior para o Operário, mas o atacante Willian teve a melhor chance da partida. Dentro da pequena área ele chutou para fora. Com a vitória, o Corumbaense tem agora a vantagem de jogar pelo empate no domingo, às 15h, no Morenão para levantar o bicampeonato. Ao time campo-grandense só a vitória interessa. A Rádio EsporteMS vai transmitir com a jornada começando às 13h.

Corumbaense – Guilherme; Robinho, Jaime, Augusto e Valdiney; Igor Pimentel, Mutuca (Neto), Aguinaldo (Da Matta) e Guilherme (Salomão); Jorginho e Willian. Técnico Gianni Freitas.Operário – Pereira; Da Silva, Rodrigo Arroz, André Paulinho e Alan; Alisson Gaúcho, Daniel Lucini, Fernandinho (Vanderlei), Luis Miguel (Juninho Carioca) e ; Rodrigo Gral e Ygor Vilela (Juninho). Técnico Celso Rodrigues.Arbitragem de Paulo Henrique Vollkopf com Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro Ruberdo nas assistências. Com informações do Esporte MS.

Da redação

Foto. Anderson Ramos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here