OUÇA: Mãe diz que filha morreu no Regional por negligência e erro médico.

Campo Grande:Senhora Cleuza Nogueira mãe de Maura Nogueira de 36 anos que deu entrada no Hospital Regional Rosa Pedrossian em 24 de janeiro de 2018,  diagnosticada com dengue, não apresentou melhoras depois de diversos exames a mesma foi diagnosticada pela terceira vez  com uma nova doença “leucemia”, foi feito o tratamento com quimioterapia, porém  Maura não resistiu ao tratamento e veio a óbito no dia 09 de fevereiro de 2018.

Em entrevista para RÁDIO WEBMS  a mãe acredita que teve negligência médica, pois sua filha foi atendida por vários médicos e a cada exame era um diagnóstico diferente,  desesperada a mãe solicitou  uma autorização do hospital para que fizesse exames em laboratórios particulares e não foi permitido.

Em protesto e pedindo justiça  Cleuza fez junto a familiares e amigos  na manhã de sábado dia 14 de abril uma manifestação na rua trindade, inicio da rua rui Barbosa. Com esse movimento a mãe pretende de alguma maneira colaborar para que casos como o de sua filha não ocorra,  pois Maura deixou uma filha de 5 anos e teve um futuro interrompido segundo a mãe devido a diagnósticos feitos erroneamente.

OUTRO LADO

A redação da Rádiowebms,  entrou em contato com o Hospital Regional por diversas vezes, porém ninguém atendeu a redação.

 

Edição Rádio WebMS

Foto: Priscilla Limeira

Reportagem: Priscilla Limeira

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here