OUÇA: Armazenar combustíveis é crime ambiental e pode resultar em multa e prisão.

Campo Grande(MS) – Na última sexta-feira (25/05), a Polícia Civil,  de Dourados através do Setor de Investigações Gerais (SIG), depois de  denúncias, prendeu em flagrante Leonardo  Bordin  Leite  por venda clandestina de combustível. Depois de receber as  denúncias, o Setor de Investigações monitorou o local do crime,  um lava-jato, onde foi constatado um intenso fluxo de pessoas, as quais entravam e saiam do imóvel com galões aptos a transportar combustíveis. Realizada abordagem no local, foram identificados e armazenados em uma varanda  do  lava-rápido 170 litros de gasolina que se encontravam em tambores, que eram vendidos no valor de R$ 6,50 o litro. Os policiais confirmaram que Leonardo era o proprietário do lava-rápido e responsável pelas vendas do combustível.  LEONARDO foi preso em flagrante pela prática de crimes contra a ordem econômica e cria o Sistema de Estoques de Combustíveis

Da redação

Foto Divulgação PC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here