Mercado de Gás deve voltar ao normal dentro de 15 dias, prevê sindicato.

Campo Grande(MS) –  Greve nacional dos caminhoneiros encerrou no dia 30 de maio, causou desabastecimento de  gás de cozinha de 13  quilos em 5mil e  seiscentas empresas pelo Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande,  para evitar filas a venda é feita através de agendamento nas revendas. O cliente deixa o contato e quando o produto chega é avisado. Mas a procura é grande. Por isso o preço do gás é vendido  entre os valores de  R$ 70,00 á R$ 109,00

O presidente do Simpergas – Sindicato das Micro, Pequenas Empresas e Revendedores Autônomos de GLP, Gás Canalizado e Similares do Estado, Vilson de Lima, falou com a Rádiowebms  e anunciou a média do preço do gás é de R$ 85,00 por unidade.  De acordo com Lima são 16 mil unidades somente em campo Grande e não atende a demanda e denuncia fechamento de empresas. Lima destacou ainda que a situação do mercado do gás e dos postos de gasolina, não era das melhores, antes da greve, por isso o  empresário prevê falência de 40% das empresas. Mato Grosso do Sul  tem  5 mil e  seiscentas  empresas.  E Hum mil trezentas  delas atuam em Campo Grande.

João Flores Junior

Foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here