Policia prende três suspeitos na operação Paiol contra o PCC.

Campo Grande(MS) – Na Operação Paiol, deflagrada na manhã desta terça feira  pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais)e Batalhão de Choque  em Campo Grande.  Foi determinada para  combater a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).  Três pessoas foram presas e encaminhadas para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga até o momento na

 

Entre os presos, um  agente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) suspeito de conceder informações para a facção.  Ele chegou na DEPAC da Piratininga,  algemado, mas não falou com a imprensa sobre a prisão. De acordo com a polícia, o servidor presta serviços na Casa do Albergado da Vila Sobrinho, em Campo Grande. A primeira a ser conduzida para a delegacia foi uma mulher, apontada como esposa de José Claúdio Arantes, conhecido no meio do crime como Tio Arantes. Ele seria o líder da facção criminosa no Estado.  A esposa de Tio Arantes foi levada para a delegacia em um carro  descaracterizado e permaneceu algemada de costas para os jornalistas que acompanham a operação. Um outro homem também foi preso, mas ainda não foi identificado.  A Policia ainda não forneceu mais detalhes sobre os presos e as investigações.

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here