Deu ruim, brasileiro desfez e quando acreditou, ficou sem Hexa que virou Même.

Campo Grande(MS) – Depois da derrota da seleção do Brasil para a Bélgica na tarde  desta sexta feira, dia 7 de Abril, as ruas de Campo Grande ficaram desertas, poucos ainda usavam a camiseta amarela nas principais  ruas e avenidas da cidade Morena; alguns bares estavam com frequência em mais de 100% e muitos torcedores aproveitaram para comentar sobre a partida claro, “bebemorando”.

Como a torcida pela seleção se transformou em decepção, a saída para os mais animados foi a de promover os chamados “mêmes pela rede social.

 E de acordo com pesquisa do Instituto Data Folha, o cidadão teve um momento de lucidez  e  pela primeira vez na historia das Copas,   não se mostrava interessado ou  animado em acreditar,  que a seleção “ Canarinho” pudesse  vencer o Mundial de Futebol na Rússia.

E o  termômetro ficou evidente nas atividades dos  vendedores autônomos, que tiveram de comprar mais  bandeiras, e camisetas da seleção e  com aumento de mais de 20% em relação ao preço praticado nos  Jogos de 2014; Alguns vendedores aproveitaram  para vender nessa copa, os produtos do Mundial passado.  E agora com mais estoque e  a venda parada,  as camisetas que deveriam  ter saída, caso a seleção fosse para a final,  devem servir para o Mundial de Futebol de 2022.  Caso a equipe do Brasil, consiga classificação. A Boa Noticia é que agora os bancos, as lojas, os supermercados, feiras, escolas, enfim o  Brasil não precisa mais parar sua economia em nome de um sonho cada vez mais distante.

João Flores Junior

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here