“Fernanda da Biz” foi morta a pedradas e teve mais de 80 perfurações.

Campo Grande(MS) – O exame necroscópico realizado no corpo de ‘Fernanda da Biz’, travesti assassinada  em  Rio Brilhante, na madrugada de domingo dia 8 de Julho,  indica  que 80 golpes de faca foram efetuados contra a vítima, que nos documentos se chamava Adilson Francisco da Silva. A análise foi realizada no Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) de Dourados e, de acordo com o site Rio Brilhante Em Tempo Real, 47 das perfurações causadas foram na mão direita, o que pode indicar que a vítima tentou se defender das agressões. Já os outros 33 ferimentos, foram identificados nas costas de Fernanda, além de perfurações nos braços e na cabeça. A  vítima também foi agredida com pedradas na cabeça e no rosto, ocasionando traumatismo craniano encefálico. Na manhã de hoje (9), policiais estiveram no local do crime e encontraram um cabo, aparentemente de canivete, com a navalha quebrada e manchas de sangue.

Relembre

A vítima era conhecida

Cadáver foi encontrado as 02h20 de hoje(09/07).

 como ‘Fernanda da Biz’, e tinha 40 anos. O Trabalhadores rurais que passavam pela estrada da Estiva, na região da Vila Nova Esperança, as  2h20 de ontem (8/07), encontraram o corpo e acionaram a polícia.

Fernanda teve a cabeça dilacerada pelas pedradas, e ao lado do corpo, agentes da Polícia Militar encontraram duas pedras grandes, além de uma motocicleta Honda Biz, prata, da vítima. Havia também marcas de sangue no painel da moto e na vegetação ao lado da estrada, o que pode indicar que Fernanda tenha tentado lutar com o assassino.

Da redação

Foto ; Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here