OUÇA: Campo Grande tem duas ambulâncias para o SAMU e não dispõe de leito hospitalar.

Campo Grande(MS) – Depois de realizar audiência Pública sobre a situação da Saúde no Estado, o deputado Paulo Siufi(MDB),  proponente do encontro na Assembleia Legislativa, destacou que a procura pelas unidades do Interior é grande.

Unidade de pronto atendimento, Upa é um  pronto socorro dos postos dos  bairros de Campo Grande. O deputado não culpa o governo do Estado e nem a prefeitura  de Campo Grande. E que o Ministério Público  vai abrir procedimento e cobrar responsabilidade do  Ministério da Saúde.  As declarações do deputado Paulo Siufi,  foram feitas na sessão da Assembleia Legislativa de terça feira dia 10 de Julho.

Somente este ano, a prefeitura já contratou 11 vagas em hospitais particulares para internar pacientes em estado grave enquanto ano passado não foi preciso adotar essa medida.A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde)  que existem 140 pessoas na fila por um leito desse tipo.Na Santa Casa, que dispõe da maior quantidade de leitos de UTI para o SUS atualmente no município, são 90 vagas entre neonatal, unidades coronarianas e nível III (de maior complexidade existente) segundo a assessoria de imprensa da unidade.O hospital afirma que tem buscado ampliar esse tipo de atendimento investindo no Hospital do Trauma, que terá mais 12 unidades intensivas para a rede pública, contudo “a escassez é um problema de toda a rede”, Já o Hospital Regional tem 38 leitos de CTI, dos quais 29 são para adultos e todos também estão ocupados. Segundo a Sesau, existem ainda, e também estão todos lotados, quatro leitos no Hospital de Câncer Alfredo Abrão.

 

João Flores Junior

Foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here