Overdose de Demi Lovato teria sido causada por opioides, e não por heroína.

A cantora Demi Lovato sofreu uma overdose na tarde desta terça (24) em Los Angeles, na casa onde mora em Hollywood Hills. As primeiras informações indicavam que ela teria usado heroína. O site TMZ, que noticiou em primeira mão o ocorrido, publicou uma correção: uma fonte garantiu que a cantora não usou heroína.

Como o site TMZ foi informado por fontes da polícia que ela foi tratada com Narcan, supõe-se que ela tenha sofrido uma overdose de opioides. O medicamento Narcan é usado para reverter os efeitos dos opioides no corpo.

Demi já havia falado abertamente sobre seus problemas com o abuso de cocaína e de oxicodona, um analgésico opioide similar à morfina. Nos Estados Unidos esse medicamento é vendido em farmácias sob prescrição médica. Extremamente viciante, a oxicodona e outros opioides se tornaram um problema de saúde pública no país. Cerca de 100 pessoas morrem todos os dias em decorrência de overdose de opioides nos EUA.

As informações mais recentes a respeito de Demi Lovato indicam que ela está estável.

Da redação

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here