Eclipse mais longo do século poderá ser visto em MS, as 17h30 de sexta feira.

A noite da sexta-feira, 27 de julho, será especial para quem puder dedicar alguns minutinhos para olhar o céu. Isso porque é quando acontecerá o mais longo eclipse lunar do século 21. O fenômeno astronômico acontece de duas a três vezes ao ano, mas nem sempre ele pode ser visto no Brasil. Para nossa sorte, o eclipse desta sexta poderá ser observado em praticamente todo o território nacional.

Olho no céu a partir do fim da tarde: a fase total do eclipse começa às 16h30 (horário de Brasília). A Lua ficará completamente coberta até às 18h10. Depois do eclipse, acontece a aguardada Lua de Sangue, quando o satélite fica da cor vermelha – um “efeito especial” causado pela forma como os raios solares entram na atmosfera. Os melhores pontos para observação são no litoral do Brasil – e a capital que vai assistir ao eclipse por mais tempo é Recife, em Pernambuco. Quanto mais a Leste o observador estiver, melhor será para acompanhar o fenômeno.

Como assistir ao eclipse pessoalmente ou pela internet?

Para assistir ao eclipse, o mais recomendado é procurar um lugar com vista desobstruída do horizonte a Leste e com pouca luz artificial. As grandes cidades não são os melhores pontos de observação de fenômenos astronômicos, já que contam com luzes de prédios, ruas e carros.Quem não tiver a possibilidade de acompanhar o eclipse pessoalmente, pode assistir às transmissões ao vivo pela internet. O canal Mistérios do Espaço fará uma transmissão pelo YouTube, a partir das 17h.

A Lua, nosso satélite natural, não tem luz própria. A luz que vemos quando a Lua está cheia nada mais é do que o reflexo da luz do Sol em sua superfície. O eclipse total da Lua acontece quando a Terra fica entre o Sol e a Lua, projetando então a sombra de nosso planeta na superfície do satélite natural. Ao longo do tempo a Lua vai ficando encoberta, até ficar completamente escurecida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here