OUÇA: Afastado, Zeca diz que decisão Martins é Monocrática e vai ao CNJ.

Campo Grande(MS) – O ex-governador Zeca do PT está  fora do pleito eleitoral deste ano. Ele foi considerado inelegível por decisão do desembargador Sérgio Fernandes Martins, proferida  no dia 31, e publicada oficialmente na noite desta quarta-feira (1º).O magistrado analisava embargos de declaração propostos por Zeca, Raufi Antônio Jaccoud Marques, Oscar Ramos Gaspar, RPS Publicidade e Promoções Ltda, que tentavam derrubar condenação, mas não tiveram êxito. O caso ainda é da chamada ‘farra da publicidade’, famosa na década passada.

De acordo com o documento, eles foram condenados, em segunda instância, por improbidade administrativa com dano ao patrimônio público. Assim, Sérgio Fernandes Martins mandou notificar o Tribunal Regional Eleitoral da condenação, que implica a suspensão dos direitos políticos dos condenados. Deste modo, Zeca do PT,  não pode registrar candidatura neste ano.

O Outro lado; O ex governador José Orcírio reagiu a decisão e disse que o Desembargador Sérgio Martins se  equivocou ou usou de má fé. E que a decisão deve ser de um colegiado e não de um desembargador. E que a medida é Monocrática.  Zeca disse que o processo já está arquivado .

Orcírio vai recorrer da medida a anuncia denuncia do Desembargador Sérgio Martins ao Conselho Nacional de Justiça. E que prepara recurso para recorrer da medida Jurídica.

As declarações do ex vereador, ex  governador e deputado Federal Zeca do PT foram feitas ao programa Giro de Noticias na manhã de  quinta feira(02 de agosto

João Flores Junior

foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here