OUÇA: Não foi desta vez H. Trauma ainda sem funcionar por falta de dinheiro da União.

Campo Grande(MS) – A visita que o ministro da saúde, Gilberto Magalhães Occhi  faria na  quinta-feira  na Unidade do Trauma, anexo a Santa Casa de Campo Grande foi cancelada, segundo a assessoria do hospital. O cancelamento aconteceu devido a compromissos na capital federal, e  outra data ainda não foi anunciada.

Gilberto Occhi ia conhecer  o novo hospital de Mato grosso do Sul, inaugurado no dia 25 de março e que não entrou em funcionamento por falta de recursos para aquisição de equipamentos.  A  obra demorou 23 anos para ser concluída, foi interrompida várias vezes, sendo a última em 2013. A retomada do trabalho aconteceu em janeiro de 2016 e o hospital c vai movimentar    R$ 32 milhões em investimentos, sendo R$ 20 milhões referente a estrutura que ficou parada desde os anos 90 e R$ 12 milhões referentes aos últimos repasses do Ministério da Saúde.

Agora o pleito da Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG), que administra o hospital, é receber custeio de  R$ 10 milhões,  sendo  R$ 6, milhões   meio   para a operacionalização da nova unidade e o restante é referente ao deficit mensal da Santa Casa. A Santa Casa alega que o valor foi apresentado em plano operativo do hospital, exigida  pelo Ministério da Saúde. Além  do dinheiro  há expectativa para que o Ministério da Saúde também libere R$ 6,5 milhões em parcela única para concluir a estruturação da unidade. O valor foi prometido pelo ministro da Saúde na época da entrega da obra, Ricardo Barros, e pelo ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, mas ainda não foi liberado.

O prefeito Marcos Trad(PSD) contava com o funcionamento do Hospital do Trauma ainda no mês de Aniversário de Campo Grande.

João Flores Junior

Foto Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here