Com ajuda de cães farejadores, mais de 220 quilos de super cocaína são apreendidas.

Campo Grande(MS) – A PRF apreendeu um  caminhão munck  usado para transportar 223,8 quilos de cocaína de alta pureza, conhecida como “escama de peixe”. A droga saiu de Maracaju  e chegaria a  Campo Grande pela BR-060 e foi apreendida  em  Sidrolândia por policiais rodoviários federais na Operação Fronteira Segura, iniciada na quinta feira  com a participação da Polícia Federal e do Exército.

O caminhão era  conduzido por um homem de 40 anos, que demonstrou nervosismo ao ser abordado pelos policiais. Com o apoio de 11 cães farejadores, a polícia descobriu que havia droga no caminhão. Policiais e soldados do Exército tiveram muito trabalho para retirar os tabletes, da droga. De acordo com a PRF, a apreensão  na  manhã desta sexta, 21 de setembro. Os 200 tabletes de cloridrato de cocaína estavam escondidos em compartimento oculto do caminhão usado para destombamento de veículos.

A equipe da PRF fazia ronda na BR-060 quando, na altura do km 400, observou o caminhão munck com placa de Campo Grande. Nervoso, o motorista não soube explicar o que fazia com aquele tipo de caminhão na estrada. Os policiais fizeram vistoria minuciosa no caminhão, mas nada foi encontrando. Foi solicitado então apoio do GOC (Grupo de Operações com Cães) da PRF e os cachorros identificaram cheiro do entorpecente.

Nos quatro “braços” do caminhão usado para içar e destombar veículos foram criadas gavetas para ocultar os tabletes de cocaína. Os tabletes de cloridrato de cocaína (droga já refinada) estavam cobertos com pó de café para disfarçar o cheiro. O motorista disse  que pegou o caminhão já carregado com a droga em Maracaju e deixaria em um posto de combustíveis em Campo Grande. O homem, o caminhão e a cocaína foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal na Capital. O nome do motorista não foi divulgado pela PRF.

Da redação

Foto Prf.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here