OUÇA: Deputada sobreviveu ao câncer e anuncia 8,7 mil casos da doença até 2019

Campo Grande(MS) – O Brasil deve encerrar 2018 com 600 mil novos casos de câncer. A estimativa é do Instituto Nacional do Câncer (Inca), que também levantou que em Mato Grosso do Sul devem ser registrado 8,7 mil novos casos até 2019, sendo o de mama o principal vilão. Os dados foram apresentados na tribuna da Assembleia Legislativa pela deputada Mara Caseiro (PSDB), que já venceu um câncer de mama em 2006. Mara disse que já passou pela doença

O discurso na tribuna nesta terça-feira fez menção ao Outubro Rosa, iniciativa internacional de conscientização para a prevenção, diagnóstico e tratamento precoce de cânceres femininos, em especial o de mama. Em Mato Grosso do Sul, o mês Outubro Rosa foi instituído pela Lei 4.541/2014, de autoria de Mara Caseiro, com co-autoria de Zé Teixeira (DEM) e da ex-deputada Dione Hashioka.

 Mara Caseiro anuncia que a doença ainda avança.. Ainda de acordo com a deputada Mara Caseiro, Os principais sinais do câncer de mama, segundo o Ministério da Saúde, são, Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito; pequenos nódulos na região das axilas ou pescoço; saída espontânea de líquido dos mamilos.Ouça a reportagem da Rádiowebms.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here