Ouça; Cidades não estão preparadas mas chuva intensa persiste até novembro.

Campo Grande(MS) – Muita chuva no feriado prolongado em todo o Estado, em Campo Grande  em três dias choveu o que era esperado pelo mês inteiro. O excesso de chuva elevou o nível do Rio Miranda e a cidade de Bonito corre o risco de ter enchentes a exemplo do que aconteceu em Maio de  2017. A mesma situação foi detectada na cidade de Amambai na região Sul do Estado na divisa com o Paraguai. A chuva derrubou uma ponte  de madeira  isolou área rural da cidade, que planeja decretar situação de emergência. As defesas Civil, municipal e Estadual fazem levantamentos.

Somente em Amambai foram trezentos milímetros de chuva. E a precipitação  deve estar acompanhada de ventos, Natálio Abrão Filho do Centro de Monitoramento do Tempo da Uniderp/Anhanguera, diz que as autoridades não dão importância aos avisos de alerta e que não existe uma politica para prevenir estragos provocados pelo excesso de chuva, principalmente em Campo Grande onde é debatido o plano diretor.

O especialista disse que o assunto deveria ser tratado por toda a sociedade. Natálio anuncia onde a chuva pode provocar estrados em Mato Grosso do Sul ate o mês de Novembro. Ouça a reportagem da Rádiowebms.

João Flores Junior

Foto Rádiowebms;

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here