OUÇA: Deputados sinalizam aprovar projetos do Executivo e esperam pagamento de emendas. Reforma administrativa não está na casa de leis.

Campo Grande(MS) – Secretário de governo Eduardo Riedel declarou que reforma administrativa do Executivo estadual não foi encaminhada à Assembleia Legislativa porque ajustes ainda estão sendo feitos. A expectativa é de que a proposta seja apresentada na próxima semana. Na manhã desta terça-feira (4), deputados se reuniram com representantes do governo para receberem e debaterem sobre projetos encaminhados pelo Executivo estadual. O governador, Reinaldo Azambuja (PSDB) pediu que as matérias sejam apreciadas em regime de urgência para que possam entrar em vigor no ano de 2019. Até o momento cinco projetos foram entregues ao presidente da Casa de Leis.

O FADEF conta com 36 meses e tem a prorrogação que terminaria em 2028 e agora pode chegar  a 2032 com pagamento de parte do beneficio em 36 parcelas para o fundo de fiscalização fiscal do Estado. Mchi comenta sobre a AGEPAN. Outro projeto está relacionado a previdência complementar para servidores, e o pagamento das emendas do deputados. O presidente da Casa de Leis, deixa claro que os parlamentares querem que o Estado pague os recursos de emendas.

As declarações do deputado Junior Mochi e Eduardo Riedel foram feitas em entrevista coletiva concedida na presidência da Assembleia Legislativa na manhã de terça feira DIA 4 de Dezembro.

João Flores Junior

Foto Luciana Nasser / Assessoria AL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here