Ouça: Vereadores derrubam vetos de Marcos e Lívio diz que ele sabia do reajuste

Campo Grande(MS) – Vereadores de Campo Grande, derrubaram na sessão desta terça-feira  67 vetos do prefeito Marquinhos Trad (PSD) ao texto do plano diretor. Foram 16 votos  em Bloco  pela manutenção do texto aprovado pela Câmara Municipal e,  contra as mudanças impostas pelo prefeito.  9  parlamentares votaram para  manter o texto como Marcos A tramitação do Plano Diretor foi polêmica e durou dois anos.  Foram r 69 reuniões públicas e ouvidas mais de 900 pessoas, e  12 audiências públicas. Segundo a lei, deveria ter sido aprovado em 2016,

Aprovada no dia 1º de novembro, a versão final do projeto do Plano Diretor, documento que regula o crescimento urbano na cidade, foi para a sanção do Executivo com texto diferente em parte de suas 161 páginas em relação ao documento apreciado. As alterações envolvem 22 artigos.  Os vereadores apresentaram  156 emendas, 67 delas vetadas por Marquinhos. A prefeitura alegou que algumas das propostas dos vereadores exigem leis específicas e risco de perder recursos para vetar as mudanças.

O vereadores não gostaram da afirmação de Marcos Trad que anunciou para a imprensa que não sabia do aumento concedido a ele , aprovado pelos vereadores. Livio Leite, contra disse a afirmação de Marcos.

Votaram pela derrubada dos vetos   foram de  Dharleng Campos (PP), Odilon de Oliveira (PDT), Ademir Santana (PDT), Francisco Gonçalves Carvalho – conhecido como Veterinário Francisco (PSB), Carlos Augusto Borges – o Carlão (PSB) –, Junior Longo (PSB), Lucas de Lima (Solidariedade), Epaminondas Neto – Papy (Solidariedade) –, Jeremias Flores (Avante), Vinícius Siqueira (DEM), Aparecida Amaral (Pros), Ayrton Araújo (PT), Eduardo Romero (Rede), Wellington de Oliveira (PSDB), Valdir Gomes (PP), Livio Leite (PSDB) e André Salineiro (PSDB).O projeto agora vai para a mesa do presidente da Casa, vereador João Rocha (PSDB), responsável pela promulgação.

Da redação

Foto Divulgação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here