OUÇA: Agente de segurança deve passar por avaliação psicológica, sugere Gian Miranda

Campo Grande(MS) – Dados anunciados pela Federação Nacional dos Policiais federais, Rodoviários Federais e  Policia Civil de Brasília , revelam que de 1999 até  2018,  47 agentes de segurança se suicidaram, em pleno exercício da profissão. Um aumento de mais de 35%. A entidade quer abrir discussão e apresentar medidas que possam evitar que mais agentes de segurança fiquem com a Depressão e se mate.

Gian Carlo Miranda presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul, SINPOL,  confirma em depoimento que a saúde mental dos Policiais Civis é preocupação para a entidade, já que atividade exige muito dos homens e mulheres que fazem a segurança do cidadão.

 Para Gian Carlo Miranda, o  trabalho do policial  Civil vai além de uso de  arma, veículo e remuneração.  E que o SINPOL  esta vigilante.  A direção  da entidade,  reconhece a dificuldade em descobrir quando um agente passa por questões emocionais ..e sugere que o Estado, através da DGPC, Delegacia Geral de Policia Civil,  promova avalição psicológica dos agentes.

 As declarações do presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Gian Carlo Miranda, foram feitas ao programa Giro de Noticias do Grupo Feitosa de Comunicação.

Da redação

Foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here