OUÇA: Setor leiteiro do MS está sem perspectiva e espera o pior com importação

Campo Grande(MS) – Ronan Salgueiro revela que desde criança acompanha as alegrias e tristezas sobre a produção de leite em Mato Grosso do Sul, A família dele está envolvida com a atividade há mais de  40 anos e agora com a informação de que o Governo de Jair Bolsonaro  abre o mercado de leite para os países da Europa, Nova Zelândia e até da Argentina, a través da queda da taxa antidumping.

Ronan diz que o leite  importado é desconhecido pelo consumidor. O empresário adverte que o preço do leite importado não será reduzido. E que o  setor leiteiro tem um déficit e mesmo assim o Brasil é o terceiro produtor no Mundo. O Empresário reclama que a categoria foi pega se surpresa com a decisão do Ministro da Economia.

A categoria de produtores de leite está apavorada, pois os empresários não foram consultados. A medida adotada pelo Paulo Guedes  já recebeu Liminar.

De acordo com Ronan,  a medida está unindo os produtores de leite que Congrega  4 milhões de empresários de todo o Brasil. Sem falar nos produtos derivados do leite. Segundo Salgueiro, a indústria e o produtor sofrem e hoje o supermercado é o que Ganha no mercado do leite.  A Rádiowebms falou com o empresário de produção de leite, Ronan Salgueiro.

João Flores Junior

Foto Agronovas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here