Ouça: Estado publica decreto de Compras emergenciais para Regional em C. Grande

Campo Grande(MS) – Na sessão ordinária da  Assembleia Legislativa dia 26 de fevereiro  governo do estado anunciou um plano emergencial para o Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande. O hospital é alvo de diversas denúncias de falta de medicação, materiais e alimentação precária. As denúncias de “ovo todo dia” no cardápio e até falta de medicamentos de quimioterapia chegaram até o deputado estadual Pedro Kemp (PT), que usou  tribuna para cobrar explicações  da Secretaria Estadual de Saúde.  O deputado Kemp  afirmou receber muitas denúncias de familiares de pacientes.

O líder do governo, deputado José Carlos Barbosa (DEM), ligou, durante a sessão, da semana passada para o secretário de  Saúde Geraldo Resende.  E  comunicou aos parlamentares que o governo “reconhece que o hospital  passa  por dificuldades, mas que busca providências; José Carlos Barbosa destacou medidas do Governo publicadas no dia 28 de fevereiro.

O  líder do governo anunciou ainda a criação de comissão que vai tratar dos caso de judicialização, quando o cidadão aciona a justiça para ter acesso a remédios que não estão a disposição da comunidade.

José Carlos Barbosa, disse que o Estado Movimentou R$ 6 milhões em pagamento, fornecedores relacionado a medicamento e alimentação.   O diretor administrativo do  Regional,  Edson da Mata Torres Filho declarou que o “hospital é público e não o Albert Einstein unidade referência ao hospital particular em São Paulo.  A grande aposta da nova gestão é organizar “o interno” do hospital. As denúncias de falta de medicamentos, materiais diversos, produtos caros vencidos e até as denúncias de corrupção que derrubaram o último presidente, ele atribui à desordem do hospital. Para tentar “sanar” a falta de diretrizes, novos setores foram criados em fevereiro, entre ele um setor de planejamento, para buscar recursos. Além  do  setor, anunciou uma controladoria, composta de três funcionários que deverão implementar a nova fórmula da gestão: pessoas –fluxo – processo – TI (Tecnologia de Informação). Ouça a reportagem da Rádiowebms

João Flores Junior

Foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here