OUÇA: Cumplicidade ?! Vereador antecipa decisão de juiz sobre lotes em Maracaju

Campo Grande(MS) – A existência de  Conluio  entre os Poderes  não é novidade, principalmente quando se depara com a Inércia de diversas entidades fiscalizadoras que fazem vistas grossas quanto ao comportamento das autoridades locais. Prefeitos, vereadores e outras expressões não são importunadas pelos “ Defensores de Plantão”. Mas o que aconteceu esta semana em Maracaju  causou “saia Justa”

O vereador  Robert Ziemann anunciou antecipadamente, uma decisão do  juiz de Direito Raul Ignatius Nogueira, relacionada a doação de áreas da  Prefeitura relacionadas ao Polo Industrial, que seria revogada por meio de liminar. Mas a decisão ainda não foi oficializada pelo juiz.  Robert  na pressa de publicar seu protagonismo,  esteve na ultima segunda-feira, 11 de Março  com o juiz para tratar do assunto – uma petição para que a doação fosse anulada – e logo ao sair do encontro disparou nas redes sociais e divulgou à imprensa que a liminar seria deferida.

Mas o magistrado  Raul Ignatius não  antecipou ao vereador e a seus acompanhantes – o presidente da Câmara, Hélio Albarello(MDB), e a promotora de Justiça Simone Almada Góes – qual seria sua decisão. O vereador não se importou , convicto, deu notícia em tom afirmativo de que a liminar estaria concedida para anular as doações .  A decisão do  juiz ainda não saiu . O processo de doação dos terrenos ocorreu durante a gestão do prefeito Celso Vargas. Era uma antiga reivindicação de investidores da cidade e de outras regiões, interessados no potencial econômico de Maracaju.

Assim, a comunidade maracajuense fica apreensiva sobre qual será a decisão da Justiça, seja qual for  poderá  ter várias interpretações negativas entre os poderes da cidade. Depois do episodio que ganhou as redes sociais, o vereador Tucano Robert Zeiemmann não deu explicações.

Da redação

Foto Divulgação

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here