OUÇA: MS também deverá discutir a criação de Fundo emergenciais de saúde animal

Campo Grande (MS)- A medida, que já é adotada por diversos Estados, tem dado bons resultados, e foi um dos temas discutidos durante reunião, realizada em Cuiabá, no último dia 20 de março.O diretor presidente da Iagro, Luciano Chiochetta explicou que dentro do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), que prevê a retirada da vacinação no Brasil nos próximos anos, um dos temas que requer grande atenção dos Estados é a questão dos fundos emergenciais.

Sonora

Este fundo, que tanto podem ser públicos como privados, serão utilizados nas ações de defesa animal, suporte em uma emergência sanitária, sendo de pronta utilização. Luciano ressalta que Mato Grosso do Sul também deverá discutir a criação de um Fundo Estadual.

Sonora

No segundo dia de discussões o Ministério apresentou uma proposta de um fundo nacional para auxiliar os estados no plano de retirada da vacinação até 2021, que será estudado e discutido com maior profundidade no próximo encontro.

Sonora

Estiveram presentes na reunião representantes de governos estaduais, do Ministério da Pecuária e Abastecimento, dos serviços veterinários oficiais e os presidentes dos fundos públicos e privados de todos os Estados brasileiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here