OUÇA: Morador diz que R. Verde regrediu e lamenta pelos crimes ambientais

Campo Grande(MS) – Pedro Francisco Luís filho Advogado, morador de Rio Verde,  disse a Rádiowebms  que lamenta  constatar que hoje a cidade não avança e que só tem regredido nos últimos anos. O morador diz que não há o que comemorar ..

E mesmo na área ambiental Rio Verde  corre o risco de ser prejudicada, pois dois episódios marcaram o desrespeito ao meio ambiente na cidade. O primeiro deles, quando o atual  prefeito, Mario Gruger queria implantar um aterro sanitário no centro da cidade e foi impedido  graças  ao protesto de moradores. E agora ,em uma área de preservação permanente, autorizada pelo Instituto de Meio ambiente, IMASUL e desconhecida do Conselho de Meio Ambiente da cidade,  80 hectares de mata nativa foi derrubada.  Pedro Filho, destaca que a falha foi das autoridades.

 Está  suspenso o desmatamento próximo a rio  de  Rio Verde de Mato, a medida vale  por 15 dias. A suspensão  foi  presidente do Conselho Estadual de Controle Ambiental, Jaime Elias Verruck, que também comanda a Semagro (Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).Conforme a publicação no Diário Oficial de hoje, foi deferido o pedido de suspensão do desmatamento na Fazenda Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

João Flores Junio

Foto Divulgação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here