Trutis diz que vereador deveria pegar parte do salário e patrocinar atleta

Campo Grande(MS) – Declaração do deputado federal Loester Carlos (PSL) em suas redes sociais, criticando a concessão de moções de congratulações a atletas, na última terça-feira (30), causou revolta entre os vereadores de Campo Grande durante a sessão da Câmara Municipal  de  quinta-feira (2). Na publicação, o deputado federal afirma que fica “puto com vereador/ deputado que da uma ‘moção de congratulação para aluno/ atleta. Pq ao invés de um pedação de papel não pega um pedaço do próprio ótimo salário e da um patrocínio. Isso seria um reconhecimento. Eu faço isso. Ahhh… enfia a moção no c*”.

Em resposta ao parlamentar, os parlamentares  apresentaram uma moção de repúdio e a sessão terminou com o vereador Wellington de Oliveira (PSDB) exibindo áudio de ameaça do representante de Mato Grosso do Sul na Câmara dos Deputados, Loester Carlos.

O vereador afirmou que irá analisar com a assessoria jurídica se irá formalizar um boletim de ocorrência. Como resposta a crítica generalizada, Wellington usou a tribuna, durante a sessão da Câmara, para reprovar o posicionamento de Loester.

Após mais de uma hora de discussão, os vereadores de Campo Grande votaram e aprovaram a moção de repúdio as declarações do deputado federal do PSL. No texto, os parlamentares apontam a atitude como inadmissível. “É inaceitável a postura advinda de um parlamentar representante da população de Mato Grosso do Sul, da qual em meio a sua declaração usa termos pejorativos e de baixo calão”. A moção ainda exige uma retratação pública do deputado Loester Carlos.

Da redação

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here