Ouça: Acadêmicos, professores, sindicalistas, protestam contra corte nas na Educação

Campo Grande(MS) – Professores, alunos de universidades e das redes estadual e municipal, sindicalistas participam de protesto em frente a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.  O movimento é  nacionalmente,  contra o corte de dinheiro nas universidades e ainda  contra a Reforma da Previdência.  A professora Japira  pediu coragem aos acadêmicos.Com cartazes e carro de som, o grupo se concentrou dentro do campus e iniciou passeata pela avenida Costa e Silva, percorreram o viaduto que passa ao lado do Morenão, desceu novamente a Costa e Silva e seguem em direção ao Terminal Morenão. O ato foi organizado pela Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) Palavras contra as medidas do presidente Bolsonaro foram improvisadas

Os universitários  engrossaram o protestos e mandaram recado ao governo. Gilmar representante do  SINDISEP,  sindicato dos servidores federais anunciou greve nacional para junho em todo o Brasil.

O corte de dinheiro nas  federais  passa de  R$ 59 milhões em Mato Grosso do Sul. O anúncio do corte de 30% foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, no dia 31 de abril e atinge todas as universidades e institutos federais do País. No início de abril, o governo federal já tinha bloqueado R$ 89,7 milhões em emendas parlamentares previstas para serem destinadas às instituições do Estado.

Da redação

Foto Valdenir Rezende/ Correio do Estado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here