Ouça: Mais de 250 cabeças de Nelore foram abandonadas e 17 morreram

Campo Grande(MS) – Fazendeiro de 63 anos foi multado  por abandonar 270 cabeças de gado sem pastagem e água em uma fazenda  na região do Bolsão. Situação foi constatada na quinta-feira (16), pela Polícia Militar Ambiental (PMA).Equipe da PMA foi até o local  depois de  receber denúncias de possíveis maus-tratos a animais e, ao chegar na propriedade, constataram os maus tratos.

O relações Públicas da PMA, Polícia Militar Ambiental,  Ednilson Queiroz falou com a Radiowebms. De acordo com Queiroz o tamanho da área era pequeno para as 270 cabeças. Todos os animais estavam extremamente debilitados, 17 deles já estavam mortos por desnutrição; o gado  está agora sob a responsabilidade da Iagro – Agencia de Defesa Animal e Vegetal;

O dono da fazenda mora em  Três Lagoas e vai  responder por crime ambiental de maus-tratos a animais, que tem pena prevista de três meses a um ano de detenção e por degradação de área protegida de preservação permanente, com pena prevista  um a três anos de detenção.

Ainda segundo,  Ednilson Queiróz,  com 2018 em uma briga judicial por causa de herança  houve aplicação de multa no valor de R$  230 mil dada aos donos de fazendas por causa de maus tratos aos  animais, na época o crime  foi cometido contra gado.

João Flores Junior

Foto Divulgação PMA.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here