OUÇA: Bombeiro vai movimentar 200 novos integrantes entre médicos e especialistas

Campo Grande(MS) – As queimadas comuns em época de baixa umidade relativa do ar, preocupam os Bombeiros de Mato Grosso do Sul, segundo o  Coronel Joilson do Amaral, comandante da  corporação militar no estado. A incineração  de matérial é cultural por parte da população. Para o comandante dos  Bombeiros, a preocupação é constante.  Os militares são chamados para prestar socorro de pessoas que passam mal por causa da inalação da  fumaça. Atear fogo em terreno é crime em Campo Grande e  pode resultar em pagamento de multas que  variam de 2 a  9 mil reais. Joilson Amaral lembra,  de sinistros que podem acontecer por causa do alto consumo de energia O coronel Amaral, confirma que Duzentos novos militares são formados pelos Bombeiros em Mato Grosso do Sul.

O comandante anunciou ainda a movimentação a abertura de  12 vagas para médicos, para melhorar o socorro e  12 vagas para especialistas para melhorar a administração. Há ainda planejamento  para a expansão de novas unidades dos Bombeiros. A corporação conta com o programa,  Voluntário do Bombeiro,  com a participação de integrantes da sociedade. As declarações do Coronel Joilson do Amaral, comandante dos Bombeiros de Mato Grosso do Sul, foram feitas a TV Morena, ele disse que são 25 unidades de  bombeiros, para as 79 cidades  e 5  unidades devem ser instaladas em outras cidades.

Da redação

foto Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here