OUÇA : Vereadores, prefeitos e Secretários reduzem salários em 80%

Campo Grande(MS) – Vereadores da Câmara Municipal de Arcos , em Minas Gerais ,  um projeto de Lei em junho deste ano, que reduz em 80% os salários do Legislativo municipal a partir de 2020. A medida diminuiu de R$ 6.149 para R$ 1.229 o vencimento dos parlamentares da cidade. O texto define ainda que a medida valerá até dezembro de 2024.

Outro projeto também aprovado pelos vereadores de Arcos  prevê que o salário do prefeito, que atualmente é de R$ 24 mil, seja reduzido em 50%, e que os secretários recebam em 2020 um salário 20% menor do que é hoje. O vencimento de R$ 7.900 será de R$ 6.300. O vice-prefeito também entra na lista de agentes públicos com mudanças no pagamento mensal. O salário de R$ 6400 será reduzido para R$ 5.100. Essa proposta ainda depende da aprovação do Executivo municipal. O projeto original previa redução salarial de 20% para todos os cargos, mas após a apresentação de emendas, chegou-se ao valor aprovado. Segundo o presidente da Câmara e autor da proposta, o vereador Luiz Henrique Sabino Messias (PSD), a proposta pode economizar até R$ 5 milhões dos cofres municipais.

Luiz Henrique Sabino Messias falou com a Rádiowebms, sobre a proibição  de redução de vencimentos..

A  função de vereador não exige a dedicação exclusiva.  Quase a maioria absoluta tem outras funções remuneradas e por causa da crise em todas as  cidades,   nada mais justo que fosse proposta  de redução, além de Ascor cidade de  40 mil moradores outras 7 cidades de Minas devem reduzir  salários de vereadores e prefeitos. Luiz Sabino disse que é pre candidato a prefeito de Ascor.. em  2020. A medida pode ser aprovada até agosto este ano. O vereador disse que a população abraçou a causa com a economia de 5 milhõe. Ouça o  presidente da câmara de Vereadores da cidade de Ascor  em Minas Gerais, Luiz Henrique Sabino Messias do PSD, pela Rádiowebms.

João Flores Junior

Foto Assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here