DETRAN não paga R$ 16 milhões e Perksons desliga radares em MS

Campo Grande(MS) – A Perkons, responsável pela implantação e manutenção de lombadas eletrônicas em Mato Grosso do Sul, encaminhou nota à imprensa na manhã desta quinta-feira (25/7) afirmando que desligou os equipamentos por conta de uma dívida entre o governo do Estado, através de contrato firmado pelo Detran/MS, com a empresa. Os valores giram em torno de R$ 16 milhões.Os cortes atingiram alguns pontos da Capital, porém, em Dourados, os medidores de velocidade continuam funcionando normalmente, conforme constatou o Dourados News em vários locais.

De acordo com a Perkons, o contrato foi cumprido integralmente pela empresa, porém, sem que ocorresse repasses financeiros por parte do governo desde outubro do ano passado. Ainda segundo a nota, no protocolo realizado em 18 de julho, o Detran-MS foi informado que, caso o pagamento não fosse restabelecido num prazo de 6 dias, ou seja, até dia 24, os equipamentos seriam desligados.

“(…) não restaria alternativa senão o desligamento dos equipamentos e a paralisação total da prestação dos serviços objeto do contrato em questão”, diz trecho do material encaminhado. “Entretanto, o prazo transcorreu sem que houvesse qualquer manifestação ou providência, permanecendo assim a inadimplência frente às obrigações contratuais”, relata ainda a nota.Por conta dos valores em atraso, a Perkons disse ter desligado os equipamentos à 0h desta quinta.  Em nota encaminhada ao Dourados News, o Detran-MS informou que a dívida com a empresa   é equacionada e os equipamentos continuam em operação.

Da redação

Foto Jhonatan Xavier/ Dourados News.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here