OUÇA: Índios são revistados em área de fazenda invadida emAquidauana

Campo Grande(MS) – Homens da Policia Milita estão na fazenda Água Branca em  Aquidauana, a 135 km de Campo Grande, de onde foi retirado, no dia 1º de agosto,  200 índios, da etnia Kinikinau, que vivem espalhados entre outros povos  por não ter terra demarcada.  De acordo com o Campo Grande News,  a tropa renovada é composto de  30 homens, parte fica na  sede da Fazenda Paraíso, vizinha à Água Branca, onde houve a invasão e despejo.  índios que se aproximam das fazendas são revistados pelos policiais, segundo informações  repassadas pelo escritório da Funai (Fundação Nacional do Índio) na região lideranças dos terena, etnia apoia o movimento dos kinikinau. A comunidade indígena teme represália.

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública afirmou que a Polícia Militar agiu para combater crimes de ameaça, furto qualificado, danos e crimes ambientais. O presidente da Ordem dos Advogados de Mato Grosso do Sul, Mansour Karmuche, disse ser contra invasão de qualquer propriedade e que,  não se deve relativizar o direito e detalha..

Sete caciques  querem  acionar o Ministério Público Federal contra a presença policial. Quando ocorreu a retirada dos índios, o MPF anunciou que investigaria a forma como tudo aconteceu, por não ter havido ordem judicial e por envolver índios reivindicando  área  e  pela Constituição de 1988, é a Polícia Federal quem deve atuar. A policia Federal acompanha o acontecido e validou a ação da policia.

Da redação

Foto Rede Social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here