OUÇA: Dourados tira transporte de 150 acadêmicos da UEMS e índios protestam

Campo Grande(MS) – Depois de mais de 30 dias esperando uma decisão da prefeita Délia Razuk, PTB,  universitários das aldeias Bororó e Jaguapiru  bloqueiam desde  terça feira,     parte da MS-156 entre Dourados e Itaporã. O  manifesto impediu o transito de veículos e caminhões entre as duas cidades, distantes á 230  quilômetros de Campo Grande. A  Rádiowebms falou com um dos coordenadores do protesto, Tiago Gonçalves do Curso de Engenharia da Universidade Estadual, ele confirma falta de interesse da prefeitura em resolver a situação. O movimento pode ser permanente, a falta de transporte aos estudantes não atinge somente os acadêmicos da UEMS, Tiago Gonçalves, anuncia. Os acadêmicos esgotaram as chances de conseguir transporte pelo município

Ainda de acordo com Tiago Gonçalves do Curso de Engenharia da Universidade Estadual 150 estudantes estão prejudicados.Para o secretário  de  Educação, Upiran Jorge Gonçalves da Silva, a  administração pública do município só tem obrigação legal de prover transporte escolar para educação básica, na zona urbana com passe livre e na rural com os ônibus. Mas a Lei Ordinária n° 3870/2015 de 03 de fevereiro de 2015, autoriza  o executivo de Dourados efetuar o transporte de estudantes da zona rural e dos distritos, matriculados no ensino superior e escolas técnicas. Com colaboração do Dourados News

Da redação

Foto. Andre Bento/ Dourados News

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here