AL anuncia nota de repúdio á cobrança de taxa pelo uso da energia solar

Campo Grande(MS) – Os Deputados  se manifestaram contra a consulta pública da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que prevê cobrança de taxa pelo uso  de energia solar no país.  Eduardo Rocha (MDB) levou o assunto à tribuna e contou com o apoio em aparte de Evander Vandramini (PP), Pedro Kemp (PT), Cabo Almi (PT), Capitão Contar (PSL),  João Henrique (PL), Felipe Orro (PSDB), Professor Rinaldo (PSDB) e Herculano Borges (Solidariedade).O capitão Contar que é do PSL é contra a iniciativa.

A preocupação  dos parlamentares  é com a redução gradual de subsídios para consumidores que geram a própria energia elétrica em suas casas. Com a consulta pública, a Aneel pretende taxar  os sistemas individuais de energia solar.

O deputado Eduardo afirmou que diversas pessoas que investiram para instalar o sistema de energia solar, é  porque não pagariam taxas e colaborariam com o desenvolvimento sustentável, e serão prejudicadas. O deputado Marçal Filho também questionou a iniciativa  e propôs um levante da Casa de Leis de Mato Grosso do Sul.

O deputado  Coronel Davi saiu em defesa da  medida  e disse que a iniciativa é da Aneel e não do governo Bolsonaro. Os parlamentares em comum acordo ratificaram  a sugestão à mesa de encaminhamento de uma moção de repúdio à medida da Aneel, com indicação ao presidente da República e Câmara dos Deputados para providências.

Da redação

foto Luciana Nassar / Assessoria da Al.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here