Sala Lilás é implantada na Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul

Campo Grande (MS) – Inaugurada na quinta-feira (24), na Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul, a quarta Sala Lilás do interior do Estado, com o intuito de para prestar atendimento especializado e humanizado às mulheres e crianças vítimas de violência física e sexual.

Criado por parceria entre o Governo do Estado, por meio da Polícia Civil e Prefeitura Municipal de Nova Alvorada do Sul, o espaço que conta com equipes multidisciplinares, integra os serviços oferecidos, para assim ajudar as vítimas a se sentirem mais à vontade para falar sobre a violência sofrida.

Durante a solenidade, o titular da unidade de Nova Alvorada do Sul, delegado Rômulo Teixeira Marcelo, agradeceu a união de forças entre Polícia Civil, Prefeitura Municipal, Poder Judiciário, Ministério Público e iniciativa privada, para a instalação da Sala Lilás na Delegacia de Nova Alvorada do Sul. “Um marco reforça o combate aos crimes de violência doméstica, bem como busca incentivar mulheres que sofram qualquer tipo de violência a denunciar”, pontuou.

A Sala Lilás da Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul é equipada com brinquedos e livros, e além dos serviços convencionais prestados pela Polícia Civil, contará ainda com atendimentos de psicólogas e assistentes sociais, graças a parceria firmada entre Estado e Município.

Com a implantação da Sala Lilás, a Delegacia da Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul além de receber um ambiente aconchegante e apropriado ao atendimento das mulheres vítimas de violência, passou por ampla reforma, com pintura e reparos externos e internos, que deixaram a unidade mais moderna e acolhedora.

A cerimônia de inauguração da Sala Lilás de Nova Alvorada do Sul contou com as presenças do titular da Regional da Polícia Civil de Dourados, delegado Lupérsio Degerone Lucio, do juiz da comarca, Jessé Cruciol Júnior, do promotor de Justiça, Maurício Meceles Cabral, do prefeito da cidade, Arlei Silva Barbosa, do presidente da Câmara de Vereadores, Vanderlei Bueno e dos delegados Paula Ribeiro dos Santos, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados, Guilherme Sarian e Alexandre Neves Da Silva Júnior, titular e adjunto, respectivamente, da Delegacia de Polícia de Rio Brilhante.

Pioneirismo

Mato Grosso do Sul se desponta como uma das unidades da Federação mais avançada na proteção dos direitos da mulher, contudo, dos 79 municípios existentes, apenas 12 possuem Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM). A implementação das “Salas Lilás” visa reparar esse déficit instalando uma “célula” da DEAM em cada Delegacia do Estado.

O local propõe o acolhimento da mulher que tenha passado por qualquer tipo de violência doméstica e com a segurança de que ninguém saberá qual foi a violência que sofreu, não colocando a vítima em situações de constrangimento e trabalhando em favor da dignidade da pessoa humana.

Em novembro de 2017 o Governo de Mato Grosso do Sul inaugurou a primeira “Sala Lilás” no prédio do Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL), em Campo Grande, essa ideia serviu de modelo para a Polícia Civil, que para atender uma demanda reprimida, levou o projeto para o interior do Estado.

Este ano a Polícia Civil inaugurou as Salas Lilás nos municípios de Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro e Nova Alvorada do Sul. Unidades estão em implantação também nas delegacias dos municípios de Amambai, Costa Rica, Bonito, entre outros municípios, para aprimorar o serviço de proteção oferecido às mulheres em situação de violência. Com informações da Assessoria de Imprensa da Delegacia Geral de Policia Civil

Da redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here