OUÇA: Mundo Agritech- Conheça casos de Startups do Agronegócio

Campo Grande (MS)- As startups ganharam espaço para revolucionar a vida das pessoas. Trata-se de um empreendimento escalável e repetível. O mais comum e ser uma ideia inovadora e digital, como define, Erika Jacob, da diretoria da Associação das Startups de MS, a StartUp MS.

Sonora

A gerente do Sebrae e responsável pelo Livin Lab, laboratório de incentivo e aceleração de startups da entidade, Leandra Costa, mostra como as startups invadiram o mundo das pessoas.

Sonora

E os segmentos são diversos. E o “agritech” tem se tornado um nicho de ideias inovadoras para resolver problemas e desafios. Das 20 startups em atendimento pelo Living Lab, oito estão ligadas ao agronegócio. A demanda atende a base econômica do Estado, como destaca Leandra Costa.

Sonora

Com essa visão, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, o Senar, anunciou o projeto Agro UP. A proposta é da Confederação Nacional da Agricultura, com o Senar e a SofTech. Cinco estados aderiram à iniciativa: Mato Grosso do Sul, Rondônia, Bahia, Minas Gerais e Rio Grade do Sul. Conforme o assessor técnico do Senar MS e coordenador do Agro Up no Estado, Rodrigo Scalabrini, a rede de inovação para a agricultura e pecuária começa com o mapeamento dos problemas reais dos produtores rurais.

Sonora

Após essa fase começa a ponte com comunidade de inovação através de parcerias com universidades e fundações, para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Sonora

O projeto piloto é voltado para bovinocultura de corte nos municípios de Aquidauana e Ribas do Rio Pardo e na cadeia produtiva de grãos em São Gabriel D`Oeste, Maracaju e Dourados.

 

Iniciativas nas duas cadeias já despertaram a criação de novas plataformas para ajudar o produtor. Lucas Aguirre trabalhava no setor de engenharia e desenvolveu uma balança de precisão para bovinos em confinamento há 3 anos e meio, ao atender uma propriedade especifica. Depois de participar de editais e receber subsídios para desenvolver o equipamento, hoje tem uma nova cartela de clientes.

Sonora

Sistemas para facilitar o monitoramento de bois em confinamento foi ideia de startup que começa a ganhar mercado

O Personal BOV auxilia o produtor na montagem de toda estrutura na fazenda.

Sonora

Como resultado, o pecuarista tem a possibilidade de aumentar em 30 por cento a rentabilidade.

Sonora

A balança esta instalada desde janeiro deste ano na Fazenda Agua Tirada em Maracaju. O ponto de internet fica dentro do confinamento. A diretora estratégica da propriedade, Ana Nery Ter

ra Souza, compartilha dos resultados com o sistema.

Sonora

Cada balança custa R$ 6 mil. Os sócios da Personal Bov finalizam parceria com instituições financeiras para entregar o equipamento em comodato para o produtor e ampliar o numero de clientes. O uso da balança de precisão esta em fazendas do MS, Mato Grosso, São Paulo, Rio Grande do Sul e no Paraguai. O foco para o próximo ano é chegar até a pecuária extensiva.

Na produção de grãos, Renato Borges, filho de produtores rurais decidiu apostar na integração de dados para auxiliar na tomada de decisões.

Sonora

A ideia deu certo. A Agrointeli esta em 170 propriedades em 12 estados brasileiros usando o mesmo sistema.

 

 

 

 

 

 

 

Sonora

Hoje, Renato Borges concilia negócios em Campo Grande, Belo Horizonte onde há uma unidade da Agrointeli e em Santiago no Chile. A startup foi uma das 3 brasileiras selecionadas para participar de um programa de aceleração promovida pelo governo chileno.

Sonora

As start ups motiva pessoas engajadas a propor soluções com potencial de fomentar a economia e gerar empregos. Para o coordenador do AgroUP ,  Rodrigo Scalabrini, o momento e propicio para quem quiser apostar no segmento.

Sonora

Para a diretora da StartUPMS, Erika Jacob, a possibilidade vai alem do agronegócio.

Sonora

 

Ana Carolina de Souza 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here