Polícia realiza sonho de estudante que escreveu carta para a instituição

Campo Grande (MS) – Apaixonado pela Polícia Civil, o estudante João Lucas dos Santos Ferreira, 12 anos, realizou nesta segunda-feira (4), um sonho que cultivou por pelo menos 7 anos, que era estar perto de policiais civis e andar de viatura.

Foram duas cartas que ele escreveu para a Polícia Civil contando sua história e falando sobre o sonho. Uma delas chegou até a Ouvidoria da instituição e o delegado Matusalém Sotolani, Ouvidor-Geral, providenciou o encontro, para a alegria do pequeno João Lucas.

O delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro, juntamente com uma equipe operacional da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras), foi até a escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira, encontrar com o João Lucas.

Surpresa e felicidade são palavras que resumem o encontro. Muito emocionado, o estudante contou que chegou a pensar que não realizaria o sonho. “Pensei que vocês nunca viriam, já estava quase desistindo, mas estou muito feliz que vocês estão aqui, meu coração está acelerado”, relatou.

Para o delegado Camilo Kettenhuber, promover o encontro, que parou a escola do João Lucas, foi muito gratificante. “Não é todo dia que alguém

 declara tamanho respeito e admiração pela Polícia Civil, então foi muito gratificante realizar o sonho do João Lucas”, destacou.

Além de conversar com os policiais sobre a carreira policial, o estudante tornou realidade o sonho de andar de viatura, ganhou de presente uma camiseta da Polícia Civil, um boné da Associação dos Delegados de Polícia de Mato Grosso do Sul (Adepol/MS) e uma bola, além é claro, de receber muito carinho. Empolgado com o que ouviu sobre a instituição, agora ele tem um novo sonho. “Quero ser policial civil quando eu crescer”, diz com determinação de quem apesar da pouca idade, sabe o que quer.

“Emocionante a história dele (João Lucas) e ímpar o apreço que ele tem pela Polícia Civil e pelo Garras”, diz o investigador Keller Falcão, que foi um dos policiais que fez a surpresa para o estudante e deixa um conselho para quem tem um desejo ainda não realizado: “se você tem um sonho, tem que persistir e ir atrás”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here