Ouça; Sem o Povo, PEC de prisão em 2ª Instancia não vai para a câmara e Senado

Campo Grande(MS) – Ministros do STF foram criticados pelo demora em decidir sobre a prisão em segunda Instância, a medida aprovada pela maioria, pela quarta vez e concede liberdade para diversos presos, que não tiveram todos os recursos de defesa, esgotados na Justiça.

A  decisão do STF está garantida na constituição do Brasil. O advogado Constitucionalista e  ex  juiz Eleitoral, André Borges, falou com a Rádiowebms, que  concorda com a decisão dos Ministros.

Borges reconhece que grande parte dos que foram beneficiados pela medida são pessoas pobres defendidos pela Defensoria Pública. O advogado destaca que caso os congressistas decidam mudar a lei, devem estar cientes da complexidade e o tempo a proposta vai levar.

A discussão e aprovação de uma Proposta de emenda a constituição pode levar de seis meses a um ano. Para Andre Borges, se a investigação e os tramites processuais fossem céleres, a situação do Judiciário do Brasil seria outra.

A Rádiowebms falou com o Advogado Constitucionalista André Borges.

João Flores Junior

Foto Adriel Mattos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here