Weintraub chama Bolsonaro de Traidor na rede social e pode ser demitido

O ministro da Educação, Abraham Weintraub compartilhou, por meio de sua conta no Twitter, nesta quarta-feira (25/12), uma mensagem que diz que o presidente Jair Bolsonaro “traiu todos os brasileiros”. A mensagem, publicada pelo youtuber Nando Moura, fez críticas a criação do juiz de garantias, um dos itens aprovados pelo Congresso no chamado pacote anticrime.

 Ao receber o projeto de lei, Bolsonaro decidiu não vetar o trecho que prevê que um magistrado seja destacado para atuar apenas na fase de investigação, sendo afastado após a denúncia ser aceita pela Justiça. O ministro da Justiça, Sérgio Moro, se manifestou contrário a proposta desde o começo. O objetivo da medida é impedir acusações de imparcialidade contra os juízes. Mas para Moro, além de ser impossível de colocar em prática, a medida pode atrasar o trâmite dos processos.

Pelo Twitter, o youtuber afirmou que “Bolsonaro não traiu apenas Sérgio Moro, mas todos os brasileiros”. A mensagem foi retuitada por Weintraub, que apagou minutos depois e não fez mais comentários sobre o assunto.

“Erro”

Logo após o compartilhamento, Weintraub foi a público — novamente pelo Twitter — afirmar que a mensagem tinha sido um “erro”. O ministro da Educação apontou uma falha de conexão com a internet como o motivo da falha de comunicação. “Estou em viagem, em um navio, com internet intermitente. Fico horas sem internet. Dei RT sem querer em um post. Evidentemente que foi um erro.”, escreveu.

Fonte; Correio Brasiliense

Foto;Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here