Ouça: Guardas são capacitados para ajudar a combater maus-tratos aos animais

Campo Grande(MS) – Para saber de casos de maus-tratos a animais domésticos,  e  ajudar no atendimento e repressão  ao  crime, 75 guardas civis metropolitanos  participam de um curso na Secretaria  de saúde e coordenado  pelo centro de  Controle de Zoonoses. A gerente de capacitação profissional da Guarda Civil Metropolitana, Débora Silva de Souza, informa que os novos protetores  de animais passam por aulas  práticas. São 75 participantes já são Agentes de Fiscalização de Apoio Ambiental e 24 deles fazem parte da Patrulha Ambiental. A coordenadora do CCZ, Juliana Resende Araújo,  enfatiza que além de identificar crimes de violência, os guardas também atuam na  sensibilização sobre o assunto já que, em alguns casos, o dono do animal não sabe que ele está exposto a maus-tratos.

Hoje as denuncias de maus tratos aos animais são feitas diretamente para a DECAT delegacia responsável pelo boletim de ocorrência e investigação e ainda pelos voluntários que se arriscam e checar a denuncia. Um deles Alexandres dos Santos, conhecido Xandão, o protetor dos Animais, Xandão  revela que geralmente a denuncia já está na rede social. O voluntário disse ainda que os vizinhos promovem briga e usam os animais..

Depois da realização do curso de  capacitação da Patrulha animal , Ainda não se  sabe  quando os guardas capacitados começaram a atuar em apoio a Decat e ao CCZ. Entre janeiro e dezembro do ano passado, a Polícia Militar Ambiental, aplicou R$ 245 mil em multas envolvendo  16 pessoas acusadas pelo crime de maus tratos.

Da redação

Foto Divulgação Assessoria Prefeitura de Campo Grande.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here