Ouça: Hélio acusa União de” secar gelo” e que vai indicar Xerife para Ponta Porã

Campo Grande(MS) – O desabafo é do prefeito Hélio Peluffo(PSDB), que vive situação preocupante por causa da fuga de 75 presos da Unidade prisional da cidade de Pedro Juan Caballero no Paraguai na madrugada de domingo. a fuga preocupa quem mora em Ponta Porã e região. Peluffo reclama da falta de projetos e investimentos nas cidades da faixa de fronteira por parte da União.

O prefeito disse que os crimes fronteiriços cresceram a partir de  2008 e as mortes somaram duzentas execuções ano passado. Na região existe um presidio com mais de setecentos presos sendo que 90% deles são do trafico internacional. Hélio lembra que até o Ministério Público Federal fechou a sede na cidade.

O executivo lembrou de promessa do Ministro da Justiça, Sérgio Moro em criar um projeto para a região. E da orientação do presidente Donald Trump que denunciou cidades do Mato Grosso do Sul como área perigosa. Hélio Peluffo reclama do abandono por parte da União. Ele disse ainda a tv Morena, que Mato Grosso do Sul custeia preso  de responsabilidade da União, e não  é ressarcido.

Da redação

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here